Buscar
  • guilherme teixeira

Como limpar uma fossa séptica


Cidades menores e afastadas dos grandes centros caracterizam-se pela presença de sistemas sépticos, em sua construção. O que os destaca, dos demais sistemas, é o próprio tanque séptico, presente nele, que, na maioria das vezes, fica “escondido” no quintal, longe de vista. Devido a sua importância, esses tanques devem ser vistoriados, rotineiramente, e sua limpeza não pode ser renegada. Alguns tanques sépticos, de antigamente, eram fabricados a partir do metal. Hoje, os modelos mais avançados são feitos de concreto, que recebe todos os resíduos, oriundos do encanamento de água, vindos dos domicílios, e reparte-o em grandes partes, antes de liberá-los, em forma de líquido. A limpeza é necessária, para que não haja sobrecarga de resíduos que, cosequentemente, causariam entupimentos. Uma vez determinado que haverá a limpeza, deve-se contratar os serviços de uma desentupidora especializada, como a ambsul. Somente uma empresa do ramo pode realizar tal serviço! O profissional da empresa contratada irá se utilizar de um grande caminhão-tanque e um poderoso vácuo, para esvaziar o tanque séptico. Quantas vezes a fossa séptica deverá ser limpa, irá depender de fatores como o número de pessoas que vivem na casa, a quantidade de água que é liberada pelo sistema, dentre outros fatores. É de bom senso que os tanques sépticos sejam esvaziados a cada três ou cinco anos.

6 visualizações

Rua beco do soares , 1045 Viamão - RS

Ambsul todos os direitos Reservados - Desenvolvido por: GT digital  Copyright @ 2018

Tel: (51) 4141-3434

  • Facebook Social Icon